Piadas

PIADAS CIENTIFICAS E ENGRAÇADAS:

 
   

Piadas Cientificas





PIADA CIENTIFICAS COMPLETA:

O mito de que o tamanho do pé de um homem pode ser usado para calcular o comprimento do seu pinto já foi desfeito pelos cientistas. Seguindo a trilha da pesquisa que chegou a essa conclusão, agora um novo estudo afirma que, para ter a resposta, os curiosos devem dar uma espiada no dedo indicador. De acordo com cientistas gregos, o comprimento do indicador pode prever com precisão o comprimento do pinto. Os resultados foram publicados na edição de setembro da revista científica Urology. Evangelos Spyropoulos e colaboradores do Hospital Naval e de Veteranos em Atenas, na Grécia, afirmaram ter realizado o atual estudo para reunir mais informações sobre a relação entre as medidas do corpo e o tamanho da genitália masculina. Os cientistas argumentam que esse tipo de informação - bem como uma definição mais clara do que seja 'o tamanho normal do pinto' - ajudará os médicos a aconselhar e tratar o grande número de homens preocupados com as suposta inadequação de seus genitais. 'A falta de padronização de dados métricos e a ausência de critérios amplamente aceitos a respeito do tamanho adequado da genitália externa cria grandes dificuldades no aconselhamento e/ou tratamento de jovens com preocupações relativas à inadequação se*xual', escrevem os autores. No atual estudo, Spyropoulos e seus colaboradores mediram o comprimento do pinto e o volume dos testículos de 52 homens jovens e saudáveis com idades entre 19 e 38 anos e compararam os dados com outras medidas corporais, incluindo altura, peso, índice de massa corporal (IMC, que mede a relação entre peso e altura), comprimento do dedo indicador e proporção entre cintura e quadril. Em vez de medir o pinto ereto de um homem, a equipe mediu o pinto flácido e esticado, que observou estar estatisticamente correlacionado ao comprimento do pinto ereto. 'Idade e medidas corporais não estavam associadas ao tamanho da genitália, excluindo o comprimento do dedo indicador, que apresentou uma correlação significativa com as dimensões do pinto flácido e esticado ao máximo', indica o estudo. 'Percebemos que a população escolhida como objeto foi relativamente inadequada e sugerimos que uma pesquisa mais ampla, com um número significativamente maior de indivíduos, é necessária para confirmar as observações, particularmente a tendência de relação demonstrada entre o comprimento do pinto e o do dedo indicador', concluíram Spyropoulos e colaboradores.




VOTAR PARA TOP 10 INCORPORAR IMPRIMIR
ENVIAR

AS MELHORES PIADAS CIENTIFICAS


  Política de Privacidade | Contato | Todos os Direitos Reservados. Copyright © 2005 - 2018. Você pode copiar os textos de humor e utilizá-los nos seus sites / blogs / listas de discussão desde que divulgue o endereço de onde os textos de humor foram retirados: piadasnet.com. MUITO OBRIGADO.